Blog

Pós-venda: o sucesso da etapa final

2 de outubro de 2020 - 10H00
Pós-venda: o sucesso da etapa final

Hoje vamos falar sobre a última etapa de um processo comercial: o pós-venda.

Aqui no blog já falamos de assuntos desde o diagnóstico até o fechamento

Então, hoje te convido a continuar lendo o artigo para entender qual o último passo de uma venda bem sucedida para garantir o sucesso da sua empresa!

 

Pós-venda

 

 

Tempo de leitura: 5 minutos

Você vai ler sobre:

O fim da negociação

Pós-venda

O que fazer em casos de recusa?

 

 

O fim da negociação

O fim da negociação é marcado pelo contrato.

Agora é o momento de oficializar o fechamento ou as saídas, em caso de recusa. 

Se você e o seu cliente chegaram em um acordo benéfico para ambos os lados, é hora de produzir o famoso contrato: um documento com todas as informações necessárias para que seu cliente assine afirmando o compromisso entre vocês.

Algumas ferramentas permitem que isso seja feito até mesmo de forma online, como o Clicksign.

Posteriormente, você deverá definir saídas juntamente com o time de produto e com o Customer Success, para entregar o prometido para o cliente e fazer o acompanhamento da melhor forma, garantindo assim, até mesmo uma recompra.

Portanto, nessa fase, é fundamental que você trabalhe de forma bem alinhada com os demais departamentos envolvidos para que o cliente tenha o resultado esperado. 

Nesse momento inicia-se o processo de pós-venda. 

 

 

Pós-venda

O processo de pós-venda não começa apenas depois que o produto foi entregue, mas sim, como o próprio nome diz, após a venda ser feita.

O pós venda traz inúmeros benefícios para uma empresa:

  • – Fideliza os clientes, garantindo indicações e propaganda boca a boca;
  • – Cria um sentimento de acompanhamento no cliente, fazendo com que a insegurança com relação ao produto também diminua;
  • – Garante um bom relacionamento aumentando as chances de recompra;
  • – Traz um diferencial para sua empresa, gerando valor sobre sua imagem.

 

O pós venda pode ser feito por meio de estratégias como follow up e Customer Success:

 

Follow Up

Assim como dissemos no post anterior do blog, o follow up é o acompanhamento realizado com o potencial cliente, ou cliente, durante todo o processo de pré-venda, venda e pós-venda. São todos os pontos de contato realizados entre uma etapa e outra.

Para gerar valor com seu prospect e ativar o gatilho da reciprocidade durante o follow up, você pode realizar algumas ações pouco comuns que vão se tornar um diferencial no seu processo.

Você pode captar e-mails de potenciais clientes para a empresa do seu prospect por meio de ferramentas como Skrapp, por exemplo.

Além disso, indicar clientes também é um ótimo gatilho de reciprocidade.

Essas ações vão gerar uma boa imagem da sua empresa após o fechamento, ativando gatilhos mentais e valorizando o seu processo.

Para ler mais sobre o processo de follow up, clique AQUI.

 

Customer Success

Renovar um contrato dentro de uma empresa pode ser muito mais benéfico para a corporação do que achar novos clientes.

O Customer Success pode fazer isso!

O profissional não só garante a boa experiência do cliente, como, da mesma forma, trabalha o processo de recompra.

Além disso, hoje em dia, com tantas ferramentas ao nosso alcance, é muito fácil ouvir relatos sobre decepções frente a serviços ou produtos.

Frequentemente lemos publicações nas redes sociais sobre insatisfação com algo adquirido. Mas você não quer isso para sua empresa, certo?

Imagine só, o trabalho árduo do marketing do seu negócio indo por água abaixo por causa de uma publicação de um comprador não satisfeito… que horror!

Portanto, o trabalho do Customer Success também é evitar que isso aconteça, por meio do acompanhamento com o seu cliente.

Para ler mais sobre o trabalho do Customer Success, clique AQUI.

 

 

Pós-venda: o que fazer em casos de recusa?

Se a negociação não foi bem sucedida e o cliente recusou sua proposta, você deve analisar o processo, entender o motivo da recusa e quais foram os principais pontos que atrapalharam a negociação. 

Essa análise pode ser feita por meio de uma pesquisa de recusa, por exemplo: um questionário no qual a pessoa com quem você estava negociando irá responder perguntas que vão te ajudar a identificar os pontos de melhoria para as próximas vendas. 

Dessa forma, você terá feedbacks, saberá onde melhorar suas práticas e seus processos e, além disso, poderá inserir aquele prospect dentro de um fluxo de nutrição.

Se ele não comprou agora, é possível que ele o faça depois de um determinado tempo. Por isso, é fundamental que o relacionamento com aquela pessoa, mesmo que não haja fechamento, se mantenha positivo. 

 

Conclusão

Podemos concluir que todas as etapas de um processo comercial são fundamentais para o sucesso de uma empresa.

Portanto, invista em ferramentas e profissionais para que se dediquem especialmente para cada fase, garantindo uma boa experiência de compra para os clientes.

Por fim, deixamos aqui as palavras do nosso CEO, Vítor Baesso:

“De qualquer forma, nós precisamos controlar o processo e definir as saídas das etapas seguintes. Lembrando sempre de ser empático, entender o cenário e sempre tentar criar novos acordos de uma forma que faça sentido para ambas as partes. Gere, portanto, compromisso em cada uma das etapas e sempre defina saídas ao final de cada follow up.”

Leia também